NATUREZA

À semelhança das restantes ilhas dos Açores, a ilha Terceira é de origem vulcânica, apresentando uma série de formas, rochas e estruturas únicas

A Este predomina um extenso planalto e a pequena Serra do Cume, de onde se tem uma excelente panorâmica da ilha.

No interior da ilha salienta-se a maior caldeira dos Açores, a Caldeira do Guilherme Moniz, onde se situa um dos mais curiosos fenómenos vulcânicos dos Açores – o Algar do Carvão uma chaminé vulcânica, que deslumbra pela imensidão espacial. Do tecto em abóbada despontam estranhas e notáveis estalactites de sílica. Destaque também para a Gruta do Natal, um tubo lávico, que maravilha pela sucessão de corredores estreitos e longos. As paredes, solo e tecto assumem diferentes formas e cores, transformando a gruta num local místico. Ao ar livre, as Furnas do Enxofre são testemunho da formação do arquipélago. A paisagem é dominada por fumarolas, circundadas por uma terra de tons avermelhados que contrasta com o verde do musgo. A atmosfera é quente e com um cheiro peculiar.

Para oeste, impõe-se o relevo da Serra de Santa Bárbara, com as suas lagoas e grutas que oferecem um conjunto de caminhadas a partir das quais se pode desfrutar das magníficas paisagens da ilha Terceira e ilhas vizinhas.

Para o visitante em geral, a ilha oferece a tranquilidade dos seus vários tons de verde dispersos pelos campos e pastagens, repartidos numa modulação quase geométrica pelos muros de pedra e sebes de hortênsia.

Atlântida MarNatureza