ARTESANATO

O arquipélago dos Açores, com o seu rico passado histórico e as suas tradições tornaram-se referência nas artes e ofícios, em que, tanto homens como mulheres, souberam guardar e desenvolver as técnicas de trabalho artesanal, ainda intactas ao longo dos séculos.

O artesanato dos Açores e devido à insularidade das suas gentes, utiliza materiais elementares como a madeira, a escama de peixe, os ossos e dentes de baleia, o basalto, o miolo de hortênsia, o barro, e a folha de milho.

Através das Escolas de Artesanato e artesãos espalhados pelas diversas ilhas, procura-se manter vivas as tradições iniciadas aquando do povoamento destas ilhas.

Os bordados à mão, em linho branco cru e vermelho, que pela sua qualidade, foi-lhes concedido o título de Produto de Origem de Qualidade Certificada, são, entre outros, onde melhor se manifesta a arte popular nesta ilha.

Em teares manuais elaboram-se colchas de lã coloridas e com motivos geométricos.

A típica Viola da Terra, comum ao arquipélago, encontra na Terceira a originalidade de versões com 15 e 18 cordas em vez das tradicionais 12.

Trabalhos em olaria e vime, rendas, ornamentos em chifres de bovinos, peças em osso e dente de baleia, completam as principais manifestações artesanais da ilha.

Atlântida MarArtesanato